Tecnologia do Blogger.

aos montes, o tumulto


cada um que passa e não habita
amontoa o entulho

restos subjetivos subaproveitados

retilíneos no propósito
seguem sem sentir
só deixar

Nenhum comentário:

Postar um comentário